Conselhos especiais para crianças

Menu secundário

Como é que eu cuido dos dentes dos meus filhos?

Uma boa saúde oral começa no início da vida das suas crianças. Antes do nascimento do primeiro dente, alguns factores podem afectar a sua aparência e a sua saúde. Por exemplo, a tetraciclina, um antibiótico comum, pode causar a descoloração do dente. Por esta razão, estes antibióticos não devem ser administrados nas mães que amamentam e em grávidas até à última metade da gravidez.

Passar os bons hábitos de Higiene Oral para as suas crianças é uma das lições de saúde mais importantes que lhes pode ensinar. Isto significa ajudá-los a escovar duas vezes ao dia, mostrar-lhes a maneira correcta de usar o fio dentário, limitar os lanches entre as refeições e visitar o dentista regularmente.

A maioria dos dentistas recomenda a primeira visita por volta dos 2 anos. Além de permitir ao seu dentista a oportunidade de controlar o crescimento e o desenvolvimento dentário do seu filho, é, também, a melhor altura para aprender o desenvolvimento dentário, a necessidade de flúor, como ajudar a manter uma boa higiene oral, como lidar com os hábitos orais da sua criança (como o uso da chucha), nutrição e dieta e como prevenir as lesões orais.

Faça-o ver que uma visita ao dentista é um experiência positiva. Explique que ir ao dentista ajuda a manter uma boa saúde oral. Ao incentivar uma atitude positiva, você aumenta as hipóteses da sua criança visitar regularmente o dentista ao longo da vida.

As crianças precisam de cuidados orais especiais que todos os pais devem saber. Inclui-se a maneira de evitar as cáries de "biberão".

 

O que são as cáries de "biberão" e como posso evitá-las?

As cáries de "biberão" são provocadas pela exposição frequente e demorada dos dentes a líquidos que contêm açúcar. Nestes incluem-se o leite, a papa e sumos de fruta. Os líquidos açúcarados depositam-se à volta dos dentes durante longos períodos enquanto o bébé dorme conduzindo à formação de cáries dentárias que se desenvolvem, em primeiro lugar, nos dentes anteriores superiores e inferiores. Por esta razão, não deve deixar que o bébé adormeça com o biberão de sumo ou de leite na boca. Por sua vez, na hora da sesta, dê um biberão com água ou uma chucha. Se está a amamentar, evite que o seu bébé mame continuamente. Após cada refeição, limpe os dentes com um tecido limpo e húmido ou com uma gaze.

 

O que hei-de fazer quando os dentes de leite começarem a erupcionar?

Os dentes começam a erupcionar por volta dos 6 meses e continuam até aos 3 anos. Isto faz com que muitas crianças fiquem com as gengivas muito sensíveis o que as torna irritadas. Pode ajudar, esfregando as gengivas com o dedo, com uma colher gelada ou com anel de borracha previamente colocado no frigorífico. Também existem gel e medicamentos para aliviar as dores da erupção dos dentes do bébé. Questione o seu dentista ou pediatra destes medicamentos. Se a sua criança tiver febre quando os dentes estiverem a erupcionar, é melhor contactar o seu médico para ajudar a prevenir qualquer outro problema.

 

Qual é a melhor forma de escovar os dentes de leite?

É uma boa ideia vigiar a escovagem das suas crianças até aos 6 anos de idade, seguindo estes passos:

- Use uma pequena quantidade de pasta dentífrica fluoretada. Tenha atenção para que a sua criança não engole a pasta. Se engolir, deve escovar sem pasta;

- Use uma escova de filamentos suaves, escove primeiro as superfícies internas de todos os dentes, onde a placa bacteriana se acumula mais. Direccione os filamentos da escova para a linha gengival. Escove suavemente para a frente e para trás;

- Escove todas as superfícies externas dos dentes. Direccione os filamentos para a linha gengival. Escove suavemente para a frente e para trás;

- Coloque a escova de modo que os filamentos fiquem nas superfícies mastigatórias dos dentes. Escove suavemente para a frente e para trás.

 

"Chuchar" no dedo é um problema e como posso evitá-lo?

O reflexo de chuchar no dedo é normal nos bebés. Contudo o hábito de chuchar nos dedos pode causar problemas no crescimento da boca e dos maxilares e no posicionamento dos dentes, se estes hábitos permanecerem depois dos dentes definitivos estarem erupcionados, entre os 4 e os 7 anos de idade. Os dentes da frente que estejam muito salientes (por vezes chamados "Dentes de coelho") e com mordida aberta, podem resultar do hábito de chuchar no dedo. Isto pode causar problemas na fase adulta e inclui um desgaste prematuro dos dentes, um aumento da destruição dentária e desconforto quando se morde. Usar chuchas depois dos dentes permanentes terem erupcionado pode causar problemas similares.

A melhor maneira de lidar com o hábito de chuchar é através de incentivos e não com palavras ou comportamentos negativos. Os seus filhos apenas estão a fazer o que lhes parece natural. Elogie o seu filho quando ele não está a chuchar no dedo. Você também pode corrigir a ansiedade que está a causar o chuchar no dedo. Pode lembrar à sua criança desse hábito colocando uma ligadura no dedo ou colocar-se uma meia na mão ao dormir. A medicação com sabor amargo para ser colocada no dedo também pode ser receitada pelo seu dentista ou pelo pediatra.

 

Como posso ajudar os meus filhos a cuidar dos dentes e a prevenir cáries dentárias?

Ensinar às suas crianças os cuidados de Higiene Oral correctos o mais cedo possível é um investimento para a saúde deles com resultados visíveis no futuro. Você pode começar a dar o exemplo; cuidar bem dos seus próprios dentes passa a idéia que a saúde oral é algo a valorizar. E qualquer coisa que se torne uma brincadeira, como escovar os dentes com os seus filhos ou deixá-los escolher a própria escova de dentes, incentiva um cuidado oral correcto.

Para ajudar os seus filhos a proteger os dentes e as gengivas e a reduzir o risco de cáries dentárias, ensine-lhes os seguintes passos:

Escovar os dentes duas vezes ao dia com uma pasta dentífrica com flúor para remover a placa bacteriana - a película que adere aos dentes e que é a principal causa da destruição dentária.

Use o fio dentário para remover a placa bacteriana que se acumula entre os seus dentes, abaixo da linha da gengiva, antes que endureça e se transforme em tártaro. Depois de se formar em tártaro, este apenas pode ser removido através da destartarização.

Faça uma dieta bem equilibrada, limitando os hidratos de carbono e as comidas açucaradas que produzem ácidos da placa bacteriana que causam as cáries dentárias. Quando você come estes alimentos, tente comê-los acompanhando a sua refeição em vez de os comer ao lanche - a saliva extra produzida durante uma refeição ajuda a humedecer a comida na boca.

Utilize produtos dentários que contenham flúor, incluindo a pasta dentífrica.

Leve o seu filho a consultas periódicas ao dentista.

 

Que técnicas de escovagem posso mostrar aos meus filhos?

Você pode querer supervisionar os seus filhos até eles se habituarem a estes simples passos:

  • Use um pouco de pasta dentífrica com flúor. Tenha em atenção que o seu filho não engole a pasta dentífrica. Se engolir, deve escovar sem pasta dentífrica.
  • Use uma escova de pelos macios; escove, primeiro, a superfície interna de cada dente onde a placa bacteriana acumula-se ocm maior quantidade. Escove suavemente para trás e para a frente.
  • Escove as superfíces externas de cada dente. Incline a escova ao longo da linha gengival. Escove suavemente para trás e para a frente.
  • Escove a superfície mastigatória de cada dente. Escove suavemente para trás e para a frente.
  • Use a ponta da escova para limpar entre os dentes anteriores, quer os superiores, quer os inferiores
  • É sempre divertido escovar a língua!

 

Quando é que o meu filho deve usar o fio dentário?

O fio dentário remove restos alimentares e placa bacteriana entre os dentes, onde a escova não consegue chegar. Os seus filhos devem começar a usar o fio dentário aos 4 anos. Quando tiverem 8 anos, a maioria das crianças já consegue usar o fio dentário sozinhas.

 

O que são os selantes de fissura e como é que eu sei que os meus filhos precisam deles?

Os selantes de fissura criam uma barreira altamente eficaz contra a cárie dentária. Os selantes são uma fina camada de resina, aplicados nas superfícies mastigatórias dos dentes posteriores das crianças, onde se formam a maioria das cáries dentárias. A aplicação de selantes não é dolorosa e pode ser efectuada numa única visita ao dentista. O seu dentista pode dizer-lhe se o seu filho pode beneficiar da aplicação de selantes de fissura.

 

O que é o flúor e como é que eu sei que o meu filho está a tomar a quantidade certa?

O flúor é uma das melhores maneiras para ajudar a prevenir as cáries dentárias. Este mineral que se encontra facilmente, integra-se no esmalte fortalecendo-o. Para a maioria das crianças, o uso correcto de uma pasta dentífrica fluoretada será o suficiente para prevenir a cárie dentária. Para crianças com alto risco de cáries dentárias e sem acesso a água fluoretada, o seu pediatra ou dentista podem sugerir comprimidos ou um bochecho como complemento à pasta dentífrica fluoretada.

 

Qual a importância da alimentação na saúde oral dos meus filhos?

Uma dieta equilibrada é necessária para que o seu filho desenvolva dentes mais fortes, resistentes à cárie dentária. Em complemento a uma gama de vitaminas e minerais, a alimentação de uma criança deve incluir bastante cálcio, fósforo e níveis adequados de flúor.

Se o flúor é a maior protecção do seu filho contra as cáries dentárias, as refeições podem ser o seu maior inimigo. Os açúcares e os hidratos de carbono encontrados em muitos alimentos, como as bolachas, guloseimas, refrigerantes, bolos e batatas fritas, combinam-se com a placa bacteriana levando à formação de ácidos. Estes ácidos atacam o esmalte do dente e podem conduzir às cáries dentárias.

Cada "ataque bacteriano" pode durar até 20 minutos, após o lanche ter terminado. Até o ingerir pouca quantidade de alimentos pode criar ácidos na placa bacteriana. Por isso, é melhor limitar os lanches entre as refeições.

 

O que hei-de fazer se o meu filho lascar, partir ou perder um dente?

Quando o seu filho sofrer um traumatismo dentário, você deve contactar imediatamente o seu dentista. O seu dentista quererá examinar a área afectada e determinar o tratamento apropriado.

Se o seu filho tiver dores devido a um dente partido, avulsionado (saiu por inteiro do lugar) ou lascado, você deve ir ao dentista imediatamente. Você poderá querer administrar um medicamento para as dores até à próxima consulta.

Se um dente sair completamente da boca (avulsão) por um traumatismo, leve o dente ao seu dentista o mais depressa possível. Manuseie o dente o menos possível e não limpe de qualquer forma o dente. Transporte o dente em água ou leite até chegar ao dentista. Pode ser possível colocar o dente novamente no seu lugar, um processo chamado de reimplantação.