Restauração

Menu secundário

O que é uma restauração?

Amálgama Uma restauração é uma maneira de restaurar um dente cariado à sua função e forma original. Quando o seu dentista faz uma restauração, remove toda a zona cariada , limpando a área afectada e depois preenche essa cavidade com um material restaurado.

 

Por fechar espaços onde as bactérias podem penetrar, uma restauração também pode prevenir a cárie dentária. Os materiais para as restaurações podem incluir ouro, porcelana, resinas compostas (com várias cores) e a amálgama (uma mistura de mercúrio, prata, cobre, estanho e por vezes zinco).

 

Que tipo de restauração é a melhor?

Nenhum único tipo de restauração é a melhor para todas as pessoas. O que será mais indicado para si dependerá da extensão da área a ser restaurada, se tem ou não alergia a determinados materiais, em que zona da boca é necessária a restauração e o custo. Os diferentes matérias habitualmente usados incluem:

 

Restaurações a ouro são feitas propositadamente num laboratório protésico e cimentadas na zona. Estas restaurações são bem toleradas pelos tecidos gengivais e podem durar cerca de 20 anos. Por estas razões, é considerada por muitos profissionais entendidos na matéria, como o melhor material restaurador. Contudo é a escolha mais cara e requer várias sessões clínicas.

 

Restaurações a amálgama são resistentes e relativamente baratas. Contudo devido à sua cor escura são mais visíveis do que a porcelana ou as restaurações a compósito e não são usadas nas áreas visíveis, como nos dentes anteriores.

 

Resinas de compósito são escolhidas de acordo com a cor do dente e usadas onde é necessário ter uma aparência natural. Os componentes são misturados e colocados directamente na cavidade onde endurecem. Os compósitos podem não ser ideais para restaurações muito extensas e podem fracturar ou partir com o tempo. Restauração a ouroPodem também ficar manchados com o café, chá, ou tabaco e não duram tanto tempo como as outras restaurações - geralmente duram 3 a 10 anos.

 

Restauração a porcelana chamadas "inlays" ou" outlays", são feitas num laboratório protésico e coladas no dente. Pode-se escolher a cor mais adequada ao dente e resistem às manchas. As restaurações a porcelana geralmente cobrem a maior parte do dente. O seu custo é semelhante ao do ouro.

 

Se uma cárie dentária ou uma fractura afectou uma grande parte do dente, uma coroa ou faceta é o mais recomendável. Uma cárie dentária que atinge o nervo do dente só pode ser tratada de duas formas: por tratamento endodôntico (em que o nervo dentário afectado é removido) ou por protecção pulpar directa (uma tentativa de manter o nervo vivo)

 

O que acontece quando o seu dente é restaurado?

Restauração a compósitoSe o seu dentista decide preencher a cavidade dentária, removerá em primeiro lugar a cárie dentária e limpará essa área afectada. Essa área será então preenchida por um dos vários materiais já descritos.

 

Como é que sei que preciso de uma restauração?

Apenas o seu dentista pode determinar se tem uma cavidade que precisa de ser restaurada. Durante a consulta, o seu dentista usará um pequeno espelho para examinar as superfícies de cada dente.

 

Tudo o que tiver uma aparência anormal será cuidadosamente observado com instrumentos especiais. Também podem ser precisas radiografias de toda a boca ou apenas de uma secção. O tipo de tratamento que o seu dentista irá escolher depende da extensão dos estragos que a cárie dentária provocou.