Notícias

Idosos passam a usufruir de apoios financeiros na aquisição e reparação de próteses dentárias

As cerca de 35 mil pessoas com mais de 65 anos que recebem o Complemento Solidário para Idosos podem usufruir, desde o início de Agosto, de apoios financeiros na compra ou reparação de próteses dentárias removíveis, não abrangendo a sua colocação.

O benefício traduz-se numa comparticipação de 75% da despesa, até ao limite de 250 € por cada período de três anos.

Cientistas descobrem função do apêndice

Imunologistas norte-americanos avançam uma nova teoria para a função do apêndice: o órgão será uma espécie de armazém de boas bactérias que ajudam a proteger o sistema digestivo.

A teoria é avançada no Journal of Theoretical Biology e defende que o apêndice é produtor e armazenador de boas bactérias que ajudam à protecção imunológica do sistema digestivo.

Em caso de infecção ou morte da flora intestinal, o apêndice liberta no sistema uma nova dose de boas bactérias, que eliminam agentes infecciosos.

Estudo alerta para riscos de campos electromagnéticos

O relatório do Bioinitiative Working Group, um grupo internacional que reúne cientistas, investigadores e profissionais de saúde pública, datado de finais de Agosto, manifesta «sérias preocupações científicas» sobre os limites que actualmente regulam os campos electromagnéticos admissíveis de linhas eléctricas, telemóveis e muitas outras fontes de radiação presentes na vida quotidiana, que considera inadequados para proteger a saúde humana.

Governo vai subsidiar vacina do colo do útero

O Governo está a estudar uma comparticipação à vacina contra o cancro no colo do útero, um subsídio que poderá ascender a 40% do custo da vacina e custar aos cofres do Estado entre 15 e 75 milhões de euros.

Nesta altura, o Infarmed já está a negociar com um laboratório fabricante do medicamento a respectiva redução dos preços, para um valor de mercado que ronda os 500 euros por vacina.

A ideia , segundo fonte da Direcção- Geral de Saúde, é integrar esta subvenção no Plano Nacional de Vacinação tal como já acontece com as vacinas contra a hepatite "B" e a meningite.

Vacina da gripe é menos eficaz nos idosos

A notícia surge na edição desta sexta-feira do jornal Diário de Notícias, que cita ainda declarações da subdirectora-geral da Saúde, Graça Freitas, a qual explica esta conclusão com o facto dos idosos serem pessoas mais débeis e «com um sistema imunitário envelhecido».

Contudo, apesar das incertezas, a mesma responsável também salienta que continua a ser preferível tomar e prevenir a doença.

Problemas dentários afectam 99 por cento das crianças portuguesas

Oitava edição do Mês da Saúde Oral decorre em Outubro

Cerca de 99 por cento das crianças portuguesas, entre os oito e os 16 anos, sofre de algum problema dentário. Contudo, apenas 50 por cento das que revelaram sintomas de infecções, dores ou sensibilidade foram ao médico para consulta e tratamento, revela um estudo divulgado durante a apresentação da “8ª edição do Mês da Saúde Oral”, promovido pela Colgate em parceria com a Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD).

Dentistas querem isenção de IVA nos dentífricos com flúor

A Ordem dos Médicos Dentistas escreveu ao ministro da Saúde a pedir a isenção ou a redução para cinco por cento do IVA das pastas de dentes com flúor, que considera um bem essencial para a promoção da saúde oral.

«Existe há muitos anos a evidência científica de que o flúor é comprovadamente eficaz na cárie dentária. E há uma indicação da Organização Mundial de Saúde e da Federação Dentária Internacional para reduzir ou eliminar as taxas e tarifas nos produtos que contêm flúor», explicou em entrevista à agência Lusa o bastonário Orlando Monteiro da Silva.

Médicos Dentistas querem plano com privados no SNS

A Ordem dos Médicos Dentistas manifestou esta semana a esperança de que o Governo crie um sistema de convenção com privados para tratamentos de Saúde Oral aos doentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Terça-feira à noite no Parlamento, o ministro da Saúde, Correia de Campos, assumiu que o SNS falha na prestação de cuidados de saúde dentária e prometeu anunciar medidas durante o debate do Orçamento do Estado para 2008.

Portugueses são dos europeus que mais exames médicos fazem, mas descuram os dentes

Os portugueses são dos europeus que fazem mais exames médicos de rastreio (check-up), sendo mesmo "campeões" em radiografias e exames ao coração, mas descuram os dentes, revela um inquérito sobre saúde preventiva divulgado ontem pela Comissão Europeia.
De acordo com o "Eurobarómetro" divulgado em Bruxelas, 58 por cento dos portugueses realizaram uma radiografia, ecografia ou outro exame deste tipo nos últimos 12 meses (o valor mais elevado da União Europeia a 25, muito acima da média comunitária, de 38 por cento).